Segunda, 16 de maio de 2022
84 98628 6001
Saúde

12/05/2022 às 17h40

17

Adrovando Claro

Natal / RN

Maio Cinza: Liga chama a atenção pra o diagnóstico e tratamento do câncer de cérebro
Dor de cabeça, náusea, alteração na fala ou visão, confusão mental, convulsões, dormência ou formigamento na perna ou braço: esses são alguns dos sintomas, que facilmente podem ser confundidos com outras condições
Maio Cinza: Liga chama a atenção pra o diagnóstico e tratamento do câncer de cérebro
Cirurgia realizada com o microscópio cirúrgico Pentero


Você já ouviu falar no Maio Cinza? Trata-se de uma importante campanha que busca conscientizar sobre o câncer de cérebro, um dos mais agressivos que existem e que figura entre os dez tipos mais comuns da doença. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) fez uma projeção de aproximadamente 11 mil casos em 2021 no Brasil. A Liga Contra o Câncer registrou 7.402 novos casos de câncer em 2021, sendo 57 do tipo cerebral. Para combatê-lo, a Liga conta com sua tradição em oncologia, seus especialistas, avançado centro de diagnóstico, uma sala de alta complexidade, na Policlínica, com equipamentos entre os mais modernos e precisos para a realização de neurocirurgias.

 

Dor de cabeça, náusea, alteração na fala ou visão, confusão mental, convulsões, dormência ou formigamento na perna ou braço: esses são alguns dos sintomas, que facilmente podem ser confundidos com outras condições. Assim, é necessário que na presença destes sintomas se busque um especialista para que se faça o diagnóstico precoce e se tenha a definição do tratamento mais adequado e para aumentar as chances de melhora.

 

Nesse contexto, a medicina diagnóstica se apresenta como a melhor ferramenta a favor do paciente. A Liga, que já é referência em procedimentos oncológicos de alta complexidade, possui um dos mais avançados centros de diagnóstico por imagem do Nordeste, abrangendo variadas áreas de cuidado com a saúde.

 

O núcleo de medicina diagnóstica da Liga conta com mais de 48 especialidades médicas, com infraestrutura moderna e completa, em ambiente acolhedor e com tecnologia de ponta. A sua excelência no campo do diagnóstico por imagem inclui os seguintes exames: cintilografia, colonoscopia, densitometria óssea, endoscopia digestiva alta – EDA, mamografia, radiografia (RAIO-X), ressonância magnética, tomografia computadorizada, tomografia por emissão de pósitrons – PET-CT (PET SCAN) e ultrassonografia.

 

É possível agendar exames via site (ligacontraocancer.com.br), aplicativo e pela Central de Atendimento: 84 4009-5600 (fixo) e 84 4009-5601 (Whatsapp).

 

Sala de alta complexidade

 

Visando otimizar ainda mais a realização de neurocirurgias, recentemente a Liga Contra o Câncer inaugurou uma das mais modernas salas de alta complexidade do país. A Sala de Alta Complexidade Dr. Gilverson de Araújo Cordeiro é voltada a variados procedimentos neurocirúrgicos, especialmente as cirurgias de tumores do sistema nervoso central, além de cirurgias de alta complexidade de outras especialidades como cirurgia de cabeça e pescoço, cirurgia oncológica, entre outras.

 

A sala conta com o moderno microscópio cirúrgico Pentero, da marca alemã Zeiss, único no Estado do Rio Grande do Norte e um dos poucos do Nordeste do Brasil a dispor do recurso de fluorescência, por exemplo. Ele aumenta a precisão e segurança dos procedimentos, sendo o menos invasivo possível, o que diminui a chance de sequelas. O coordenador do serviço de neurocirurgia da Liga, Dr Emerson Oliveira, neurocirurgião, ressalta que o microscópio cirúrgico Pentero é um dos mais completos e avançados do mundo.

 

Sobre a Liga

 

Reconhecida pela democratização do acesso à oncologia de ponta, a Liga é formada atualmente por seis unidades, sendo uma de apoio humanitário: o Centro Avançado de Oncologia (CECAN), Hospital Dr. Luiz Antônio, Policlínica, Hospital de Oncologia do Seridó (em Caicó), o Instituto de Ensino, Pesquisa e Inovação (IEPI) e a Casa de Apoio Irmã Gabriela (unidade de apoio humanitário).

 

Instituição privada sem fins lucrativos, a Instituição realiza por ano quase 1,5 milhão de procedimentos e destina 70% de seu atendimento a pacientes do SUS, como parte de sua missão de levar a melhor assistência oncológica a todos os cidadãos, independente da forma de acesso.

 

Ao longo de sua história, a Liga conseguiu alcançar um nível de excelência raro para uma instituição filantrópica, além de estar se reinventando e, com isso, conseguindo dar conta do vertiginoso crescimento da demanda. “Por sermos uma instituição filantrópica, tudo o que é arrecadado é reinvestido. Então, isso nos permite fazer coisas que uma instituição que visa o lucro não faria. É otimizando nossa receita e controlando cada despesa que conseguimos tratar da melhor forma possível todos os nossos pacientes”, afirma o superintendente da Liga, Dr. Roberto Sales.

 



FONTE: SKA COMUNICAÇÃO

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium