Segunda, 16 de maio de 2022
84 98628 6001
Economia

12/04/2022 às 10h33

47

Adrovando Claro

Natal / RN

Sacar ou não o FGTS que o Governo liberou?
Os trabalhadores podem sacar o FGTS em função da enorme crise que estamos passando. Assim, veja orientações para utilizar esse dinheiro
Sacar ou não o FGTS que o Governo liberou?

Resgatar o valor de R$ 1 mil depositado no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e que foi liberado pelo Governo Federal é realmente uma boa? Vamos analisar os detalhes desta situação.


 O FGTS é um direito do trabalhador do regime CLT, ele normalmente só pode ser utilizado em condições específicas como aposentadoria, demissão sem justa causa e na compra da casa própria. Em alguns momentos o governo tem usado de práticas pontuais para aquecer a economia como um todo, injetando dinheiro na mesma. Exemplo deste uso foi o caso da criação do Saque Aniversário, criado em 2020, liberando para aquisição de ações, como foi o caso da Petrobras e Vale. Agora se tem mais uma possibilidade de resgate deste valor e novas formas de uso aparecerão no futuro, isso porque cada dia mais a população brasileira vem perdendo sua capacidade de compra e poder aquisitivo.


 Isso ocorre pelo fato do dinheiro fique cada dia mais desvalorizado devido ao aumento da inflação. Assim, é preciso que o trabalhador tenha muita lucidez ao decidir pelo resgate desse dinheiro, isso porque o FGTS é um fundo blindado, impenhorável, que está protegido de qualquer problema que o trabalhador possa ter (ficar inadimplente, ter seu nome negativado e até ser executado). Muitos especialistas em investimentos dizem que o FGTS tem uma performance de retorno financeiro muito abaixo dos tradicionais investimentos disponibilizados no mercado, o que não deixa de ser uma meia verdade. Porém, é importante ressaltar que nos últimos 3 anos, nos quais a Selic ficou em patamares de 2% ao ano, o FTGS teve uma boa rentabilidade. Muito acima da poupança e alguns outros investimentos.


 Mas usar ou não usar? É importante lembrar que esses valores estarão disponíveis a partir do dia 20 de abril e irá até 15 de dezembro deste ano de 2022. Para os que optarem pelo resgate, este valor de R$ 1 mil será depositado na conta poupança social digital, ou na Caixa Tem. Hoje vejo que existem casos que o uso desse valor (R$ 1 mil) pode ser interessante, mas dependerá da situação financeira de cada pessoa, vamos ver cada uma delas:


 Investidor


Um investidor precisa ficar atento a destino que quer dar para esse dinheiro resgatado. É possível que não haja necessidade de resgate, ou ainda que esse resgate possa ser apenas para querem melhor remuneração deste dinheiro. Com o aumento expressivo da Selic, as aplicações de renda fixa ficam muito mais atrativas e com isso a perspectivas de ganhos aumentam.


 Duas observações que devem ser consideradas: o que quer fazer com esse dinheiro? E qual será o seu destino? Lembre-se o dinheiro do FGTS é um recurso financeiro blindado e merece uma atenção especial. Sempre recomendo diversificar os ativos investidos e ter dinheiro aplicado no FGTS pode ser interessante?


 Equilibrado


A situação de equilíbrio financeiro é a mais complexa, nela o que a pessoa ganha ela gasta, o que mostra uma grande preocupação. Para a pessoa que está nessa situação, o FGTS é a o único investimento que está garantido e protegido. Para que seja resgatado é preciso saber o que será feito com o valor, caso o mesmo fique na conta corrente, assim como os outros ganhos acabará por se perder. Contudo, pode ser uma oportunidade para dar início uma reserva financeira. Deixar o FGTS onde está também não deixa de ser uma ótima opção, visto que lá estará protegido para uma futura aposentadoria.


 Endividado


Existe uma grande confusão quando falamos em estar endividado, trata-se de algo comum e natural, não podemos conotar que uma pessoa endividada esteja com problemas financeiros. Lembrando que uma compra a prazo é dívida e não haverá problema se estiver organizado para honrá-la em seus vencimentos.


 Nesse caso o resgate do FGTS não deve ser para liquidar essas dívidas, se as mesmas estiverem dentro do orçamento mensal. Não se deve usar uma aplicação blindada para simplesmente antecipar ou pagar dívidas. Talvez seja uma boa oportunidade para começar a realização de um sonho ou desejo. Mas é preciso um diagnóstico financeiro para uma real visão da situação financeira. Isso porque o problema não está em estar endividada e sim não conseguir guardar parte do ganho mensalmente.


 Superendividado ou Inadimplente


São milhões as pessoas em situação de inadimplência e nome sujo e muitas destas tem o fundo do FGTS. Aqui a atenção deve ser redobrada, visto que por estar nessa situação é provável que estas pessoas não possam ter dinheiro nas contas correntes e tão pouco nas aplicações financeiras tradicionais em seus nomes. O FGTS, por seu um fundo blindado, está protegido, o que traz a segurança de que não será penhorado. Neste caso, antes mesmo de pensar em resgatar, deverá fazer uma grande faxina financeira, reunindo a família. Será necessário reduzir drasticamente os gastos, os excessos e desperdícios.


 Enfim, em relação a utilizar ou não o FGTS, são necessárias análises e atitudes serão imprescindíveis para o melhor uso, mesmo que a escolha seja por deixar aplicado nesse fundo, que é um dos mais importantes ativos financeiros que os trabalhadores possuem.


 Reinaldo Domingos está à frente do canal do Youtube Dinheiro à Vista . É PhD em Educação Financeira, presidente da Associação Brasileira de Profissionais de Educação Financeira -- ABEFIN e da DSOP Educação Financeira. Autor de mais de 100 obras entre elas o best-seller Terapia Financeira e Por que enfrentamos CRISES e não estamos preparados.


 


 


 

FONTE: Paulo Fabrício Ucelli

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium