Segunda, 16 de maio de 2022
84 98628 6001
Política

11/04/2022 às 10h08

54

Adrovando Claro

Natal / RN

Governo firma cooperação com LAIS e Universidade de Havard
Objetivo é realizar estudos para melhorar o SUS. Na pandemia da covid-19, o RN foi o Estado que menos recebeu recursos e o que teve menos óbitos
Governo firma cooperação com LAIS e Universidade de Havard
foto: Sandro Menezes/Assecom-RN

A gestão do enfrentamento à covid-19 pelo Governo do Rio Grande do Norte atraiu o interesse da Universidade de Havard, nos Estados Unidos, em realizar estudos na área de saúde pública. Neste sentido, e com o objetivo de melhorar o serviço público de saúde, a governadora Fátima Bezerra se reuniu nesta sexta-feira (08) com o coordenador do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), professor Ricardo Valentim, e com o professor de sistemas globais de saúde da Universidade de Havard, Rifat Atun.


 


O interesse na realização dos estudos se deu com o resultado alcançado pelo Governo do RN, através da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Seap), no enfrentamento à pandemia da covid-19. O Rio Grande do Norte foi o Estado que menos recebeu recursos para o combate à pandemia, mas foi o que obteve os melhores resultados e menos óbitos. Este resultado foi confirmado por Ricardo Valentim que acrescentou: "O RN teve mais efetividade na utilização dos recursos públicos e na condução das medidas de enfrentamento à covid-19. Isso é extremamente importante. Na pandemia, o RN desenvolveu sistemas eficientes como o Regula RN e o RN + Vacina, que se tornaram referência nacional.” 


 


A governadora Fátima Bezerra disse que o Estado vai oficializar termo de cooperação com o LAIS e a Universidade de Havard "para avançarmos ainda mais no enfrentamento à pandemia da covid e atender melhor a população. A cooperação é muito bem-vinda e fortalecerá ainda mais o sistema público de saúde para um SUS mais humanizado e eficiente.”


 


O professor Rifat Atun disse que o Rio Grande do Norte pode ser um farol para o Brasil. E demonstrou isso com a condução do enfrentamento à covid-19. Ele trabalha junto ao LAIS desde 2016 e há 20 anos atua no Brasil em programas para melhorar a saúde pública, inclusive junto aos programas Mais Médicos e Saúde da Família. "Temos a oportunidade de aperfeiçoar o ecossistema de saúde no Brasil e o estado do RN demonstra grande potencial para isso", afirmou Rifat.


 


Secretário de Estado da Saúde Pública (Sesap), Cipriano Maia disse que "estamos dispostos a trabalhar juntos até por que esta iniciativa vem a somar ao que já vimos realizando. Temos dificuldades financeiras, mas vamos buscar alternativas para trazer ganhos importantes para saúde pública. O trabalho que realizamos se consolida como referência nacional e traz mais resolutividade para enfrentarmos os problemas dando melhores respostas à população. Vamos fortalecer laços de cooperação e desenvolver processos para dar mais robustez e resiliência ao atendimento à população", concluiu Cipriano. A secretaria adjunta da Sesap, Lyane Ramalho também acompanhou a audiência.


 

FONTE: Ascom - RN

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2022 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium