Segunda, 18 de outubro de 2021
84 98628 6001
Cultura

22/09/2021 às 17h11

98

Adrovando Claro

Natal / RN

Obra de Paulo Leminski é celebrada em programação nos museus Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida
Curso e oficina de tradução também integram o calendário de atividades dos museus
  Obra de Paulo Leminski é celebrada em programação nos museus Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida

Os museus Casa das Rosas e Casa Guilherme de Almeida oferecem atividades literárias gratuitas pela plataforma Zoom. A obra de Paulo Leminski e a tradução literária são os temas abordados na nova programação. Os equipamentos pertencem à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e são gerenciados pela Poiesis. Confira os detalhes: 


O curso Paulo Leminski: História mal contada e pensamento selvagem discutirá as proposições de uma "história mal contada" e de "um pensamento selvagem", propostas por Leminski a partir de um gesto de "infinita estranheza, relação que nem classifica, nem se hierarquiza". Serão abordados seus ensaios, publicados como Anseios Crípticos, e as quatro biografias-ensaio que escreveu, de Cruz e Sousa, Matsuo Bashô, Jesus Cristo e León Trótski, num conjunto que denominou Vida. As aulas acontecerão às terças e quintas-feiras, 28 e 30 de setembro e 5 e 7 de outubro, das 19h às 21h. As inscrições estão abertas. 


O livro-ensaio de Rodrigo Garcia Lopes, Roteiro Literário - Paulo Leminski, faz um perfil inédito do autor paranaense ao misturar biografia, depoimentos de Leminski, crítica literária, teoria e práxis poética, além de discutir a relação do poeta com sua cidade e traçar um roteiro de sua geografia afetiva. Na palestra Roteiro literário - Paulo Leminski, Rodrigo pretende abordar as diversas faces do poeta, que foi também romancista, tradutor, compositor, músico, ensaísta, judoca e publicitário. O evento será realizado quarta-feira, dia 29 de setembro, das 19h às 21h. Para participar, é necessário se inscrever previamente. 


Poetas-tradutores e a poesia traduzida no Brasil é um curso cujo objetivo é resgatar o papel dos poetas brasileiros na seleção e na tradução da poesia estrangeira em circulação no país e, assim, analisar os impactos dessas escolhas na literatura nacional. Serão apresentados os poetas-tradutores que atuaram em diferentes períodos da nossa história literária e as suas respectivas obras tradutórias, bem como dados que ajudam a entender este importante subsistema da literatura e da cultura que é a poesia traduzida. Ministrado por Marlova Assef, os encontros acontecerão às quartas-feiras, 6, 13, 20, 27 de outubro, das 19h às 21h. As inscrições devem ser realizadas até o dia 4 de outubro. 


A tradução é uma atividade privilegiada para se pensar a interculturalidade e o plurilinguismo, dois temas importantes para a reflexão sobre a literatura belga francófona. A partir dessas ideias, a oficina Traduzindo literatura belga francófona pretende oferecer aos participantes um espaço de prática da tradução literária de textos em prosa da literatura belga francófona contemporânea, de Adeline Dieudonné e Caroline Mulder. Durante os dias 7, 14, 21, 28 de outubro, das 19h às 21h, serão discutidas questões interculturais da tradução, os desafios da abordagem de textos contemporâneos, sua poética e temas sensíveis. A oficina resulta de uma parceria entre o Centro de Estudos de Tradução Literária da Casa Guilherme de Almeida com a Valônia-Bruxelas Internacional, representação cultural francófona da Bélgica. Os interessados devem se inscrever até o dia 5 de outubro. 


SERVIÇO 


Casa das Rosas: 


CURSO 


PAULO LEMINSKI: HISTÓRIA MAL CONTADA E PENSAMENTO SELVAGEM 


Com Manoel Ricardo de Lima 


Terças e quintas-feiras, 28 e 30 de setembro, 5 e 7 de outubro, das 19h às 21h 


Plataforma: Zoom 


Inscrições até 28 de setembro: 


https://www.casadasrosas.org.br/agenda/paulo-leminski-histria-mal-contada-e-pensamento-selvagem 


Casa Guilherme de Almeida: 


Palestra 


ROTEIRO LITERÁRIO - PAULO LEMINSKI 


Com Rodrigo Garcia Lopes 


Quarta-feira, dia 29 de setembro das 19h às 21h 


Plataforma: Zoom 


Inscrições até 27 de setembro: https://poiesis.education1.com.br/publico/inscricao/c35624e2cceae64a8589f7aa04c411b2 


Curso 


POETAS-TRADUTORES E A POESIA TRADUZIDA NO BRASIL 


Com Marlova Asseff 


Quartas-feiras, 6, 13, 20, 27 de outubro, das 19h às 21h 


Plataforma: Zoom 


Incrições até 4 de outubro: https://poiesis.education1.com.br/publico/inscricao/ec703769ab1025a5cb18344a3e68ee55 


Oficina 


TRADUZINDO LITERATURA BELGA FRANCÓFONA 


Com Letícia Mei 


Quintas-feiras, 7, 14, 21, 28 de outubro, das 19h às 21h 


Plataforma: Zoom 


Incrições até 5 de outubro: https://poiesis.education1.com.br/publico/inscricao/fbff791ef0770855e599ea6f87d41653 


SOBRE A CASA DAS ROSAS 


A Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo. 


SOBRE A CASA GUILHERME DE ALMEIDA 


Inaugurada em 1979, a Casa Guilherme de Almeida, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, está instalada na residência onde viveu o poeta, tradutor, jornalista e advogado paulista Guilherme de Almeida (1890-1969), um dos mentores do movimento modernista brasileiro. Seu acervo é constituído por uma significativa coleção de obras, gravuras, desenhos, esculturas, pinturas, em grande parte oferecidas ao poeta pelos principais artistas do modernismo brasileiro, como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Emiliano Di Cavalcanti, Lasar Segall e Victor Brecheret. Hoje, o museu oferece uma série de atividades gratuitas relacionadas a todas as áreas de atuação de Guilherme de Almeida, da literatura traduzida ao cinema, passando pelo jornalismo e pelo teatro. Trata-se da primeira instituição não acadêmica a manter um Centro de Estudos de Tradução Literária no país. 


SOBRE A POIESIS 


A Poiesis - Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura. 


 


 


 

FONTE: Luiza Lorenzetti

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium