Terça, 03 de agosto de 2021
84 98628 6001
Cultura

17/06/2021 às 15h02

59

Adrovando Claro

Natal / RN

A fotografia e o tempo
Olha com o olhar do hoje
A fotografia e o tempo
Foto: Pedro Pereira

Me parece existir uma relação intrínseca, foto e tempo, um querendo dizer do outro. O tempo presente, olha a fotografia - de uma rua, de uma igreja… de pessoas e seus afazeres cotidianos -,  em cenas eternizadas em uns clicks. Olha com o olhar do hoje. E quantas perguntas são tão necessárias serem feitas diante de uma fotografia.


Quando? Onde? Como? Quem? Enfim, a imagem narra histórias para além das lentes.”Quando apreciamos determinadas fotografias nos vemos, quase sem perceber, mergulhando no seu conteúdo e imaginando a trama dos fatos e as circunstâncias que envolveram o assunto ou a própria representação ( o documento fotográfico) no contexto em que foi produzido: trata-se de um exercício mental de reconstituição quase que intuitivo.”(KOSSOY, Boris. Realidades e ficções na trama fotográfica. São Paulo: Ateliê Editorial, 2009, p.132).


Vê álbuns é pensar sobre passados, sejam memórias familiares, sejam memórias sociais/coletivas. Sempre é uma deliciosa empreitada pensar historicamente o click final do fotógrafo, a fotografia. Aqui o registro do fotógrafo Pedro Pereira e seu olhar sobre a Igreja do Bom Jesus das Dores, a Praça Capitão José da Penha, em um dia qualquer no bairro da Ribeira.


Das ruas às redes: Quinta da história


(Foto: Pedro Pereira - acervo IBGE / Texto: Luciano Capistrano)


 

FONTE: Luciano Capistrano

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright 2021 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium